III Sarau 1º de Maio

Posted on 12/04/2017 by

0


O 1º de maio é um dia de memórias, amores, raivas, rebeldias e esperanças da classe oprimida. É uma data que a classe trabalhadora urbana e rural tem o direito de afirmar como parte da sua identidade enquanto povo em luta contra todas as opressões.

O ano 2017 é um símbolo para as lutas populares, especialmente para a militância anarquista inserida nas lutas contra a classe dominante. O ano marca 100 anos da Revolução Russa e da Greve Geral de 1917 no Brasil. A atual conjuntura de golpes nos direitos conquistados com muita luta em outros primeiros de maio, entendemos como necessário trabalhar com as nossas memórias e histórias dos 100 anos da Greve Geral no Brasil. Momento chave para pensar as nossas práticas de organização e perspectivas estratégicas e táticas para enfrentar os governos e os patrões.

É neste caminho que o Coletivo Anarquista Bandeira Negra, integrante da Coordenação Anarquista Brasileira, convida todas as irmãs e os irmãos de classe para somar a terceira edição do Sarau 1º de maio. A programação conta com música, crônicas da Greve Geral de 1917, teatro comunitário e de agitação e propaganda, projeção de um curta metragem, apontamentos sindicais sobre a atual conjuntura e uma feira da autogestão, onde trabalhos cooperativos estarão à venda durante a atividade. É claro, não deixaremos de realizar a partilha numa mesa composto por um singelo de companheirismo, a divisão da alimentação.

Arte e rebeldia em uma só direção: contra os governos e os patrões!
Viva o 1º de maio!
Lutar, criar, poder popular!

O quê: III Sarau 1º de Maio
Onde: Associação dos Moradores do Bairro Itinga (Amorabi), Rua dos Esportistas, 510, Joinville
Quando: 01/05/2017, das 14 às 19h

Posted in: Atividades